Home Data de criação : 09/11/28 Última atualização : 11/10/18 13:03 / 5 Artigos publicados

Características  escrito em quinta 03 dezembro 2009 22:51

Características do Humanismo

Humanismo funcionará como um período de transição entre duas posturas . Por isso , a arte da época é marcada pela convivência de elementos espiritualistas ( teocêntricos ) e terrenos ( antropocêntricos ) .

A historiografia , a poesia , a prosa doutrinária e o teatro apresentaram características específicas ;

 

PROSA DOUTRINÁRIA

   Com o aumento de interesse pela leitura, houve um significativo e rápido crescimento da cultura com o surgimento de bibliotecas e a intensificação de traduções de obras religiosas e profanas , além da atualização de escritos antigos . Esse envolvimento com o saber atingiu também a nobreza , a ponto de as crônicas históricas passarem a ser escritas pelos próprios reis , especialmente da dinastia de Avis , com os exemplos de D. João I , D.Duarte e D. Pedro .

   Essa produção recebeu o nome de doutrinária , porque incluíam a atitude de transmitir ensinamentos sobre certas prática diárias , e sobre a vida . Alguns exemplos: Ensinança de bem cavalgar toda sela , em que se faz o elogio do esporte e da disciplina moral , e Leal Conselheiro , em que se estabelecem princípios de conduta moral para a nobreza m ambos de D. Duarte ; livro de Montaria ( D.João I ) sobre a caça ; e outros .

 

POESIA PALACIANA

   Conforme já dito no capítulo relativo às crônicas históricas, o Mercantilismo e outros acontecimentos de âmbito português modificaram o gosto literário do público , diminuindo-o quanto à produção lírica , o que manteve a poesia enfraquecida durante um século ( mais ou menos de 1350 a 1450 ) . No entanto, em Portugal , graças à preferência do rei D.Afonso V ( 1438-1481) , abriu-se um espaço na corte lusitana para a prática lírica e poética . Assim, essa atividade literária sobreviveu em Portugal , ainda que num espaço restrito , e recebeu o nome de Poesia Palaciana , também identificada por quatrocentista.

   Essa produção poética tem uma certa limitação quanto aos conteúdos , temas e visão de mundo , porque seus autores , nobres e fidalgos , abordavam apenas realidades palacianas , como assuntos de montaria , festas , comportamentos em palácios , modas , trajes e outras banalidades sem implicação histórica abrangente . O amor era tratado de forma mais sensual do que no Trovadorismo , sendo menos intensa a idealização da mulher . Também neste gênero poético , ocorre a sátira .

   Formalmente são superiores à poesia trovadoresca , seja pela extensão dos poemas graças à cultura dos autores , seja pelo grau de inspiração , seja pela musicalidade ou mesmo pela variedade do metro estes dois últimos recursos conferiam a cada poema a chance de possuírem ritmo próprio . Os versos continuavam a ser as redondilhas e era normal o uso do mote . A diferença mais significativa em relação às cantigas do Trovadorismo é que as poesias palacianas foram desligadas da música , ou seja , o texto poético passou a ser feito para a leitura e declamação , não mais para o canto .

 

Compartilhar
1 Fan

Faça um comentário!

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.
Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (67.202.56.112) para se identificar     

Nenhum comentário
Características


Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para humanismo

Precisa estar conectado para adicionar humanismo para os seus amigos

 
Criar um blog